19 de abr de 2013

Conheça a história do café no Espírito Santo!


A história do café no Espirito Santo


O Espírito Santo é um grande produtor de café, conheça sua história.


É no Brasil, país sul-americano de dimensões continentais, banhado pelo Oceano Atlântico, que se encontra um dos maiores plantios de café do mundo.

 No Espírito Santo, pequeno estado costeiro, onde praias e montanhas quase se tocam, também iremos encontrar o café, tanto em suas terras baixas e frias, como ao norte em suas terras mais quentes.

O café no  Espírito Santo

Foi durante o período monárquico, século XIX, que a jovem nação, ainda em busca de identidade, entrou no ciclo da economia cafeeira.

A fruta originária da África, que traçou longo trajeto até chegar aqui, encontrou em terras tupiniquins as condições ideais de cultivo. Inicialmente serão os mineiros e fluminenses, que aqui chegaram em busca de terras para expandir suas lavouras.

 Mas será nas mãos dos imigrantes alemães e italianos que essa fruta vai subir as montanhas, expandir-se a norte até se tornar o carro chefe da produção espírito-santense. O longo trajeto entre as fazendas e o porto, durante longo tempo foi feito no lombo de muares. Os tropeiros, homens indomáveis e seus animais resistentes, atravessavam desfiladeiros, cruzavam rios e charcos trazendo o café até o navio.

 Dessa forma, desde cedo, nosso café foi ser tomado em outras terras. Destinado que estava a conhecer outros mundos...

O café não é apenas um “produto”, é a identidade de nosso povo. Não se diz nessas terras, desjejum, mas café da manhã, seja lá nas fazendas onde empresta o perfume de sua florada ou a beleza de sua frutificação, como também na cidade, onde já chega embalado. Receber bem é passar um cafezinho.

Fonte: Cafenorte

Artigos Relacionados
Quer ficar por dentro de todas as novidades capixabas? Empregos, Concursos, Cursos e Eventos?  Então curta a página do Blog Vitória Online no Facebook!

0 comentários: